7 de outubro de 2009

DESAPEGO: O CAMINHO DA TRANSFORMAÇÃO



DESAPEGO: O CAMINHO DA TRANSFORMAÇÃO


As abelhas, após construírem a colméia, abandonam-na.


E não a deixam morta, em ruínas, mas viva e repleta de alimento.


Todo mel que fabricaram além do que necessitava é deixado sem preocupação com o destino que terá.


Batem as asas para a próxima morada sem olhar para trás.


Dizem que quando Deus esvazia nossas mãos, ele estar nos preparando para enche-las novamente.


Qual a forma mais simples para o desapego?


Descobrir que mereçemos mais.


Temos tanto medo do novo, de nos deixar levar pela macia e nova ventania de alegorias em nossa vida, que ás vezes nos vemos presos á uma situação, a uma pessoa.ás vezes, a situação ou a pessoa, já não nos acrescenta mais nada, mais ainda sim, ficamos ali... presos.
D.E.S.A.P.E.G.A.R !


Soa tão facíl falar, nos viciamos em algo que nos faz bem, e simplesmente, morremos de medo, de perder. Nos apegamos tanto, que já não vemos nossa vida, sem nosso material de alimentação moral, daquela compainha agradavél, daquele velho amor, daquela antiga paixão.


Talvez devessemos nos desapropriar de algo que é relativo, tudo passa.

Poucas coisas valem a pena se tonar permanente em nos mesmo.


Nossa mente, ela , causadora de nossas maiores dores, somos tão apegados as coisas que mesmo sabendo que elas já não nos fazem bem, continuamos presos há algumas realidades, que só nos machucam, pelo simples fato do medo de perder.


Deixa ir embora, vai te fazer bem.


'Deixe que os mortos enterrem seu mortos'.


Fuciona, acredite!


Não precisamos de muito não, só uma 1 dose de desapego e 2 de amnésia .


Esquecer faz muito bem.


D.E.S.A.P.E.G.A.


Vamos promover a arte de desapegar... vale o desapego de qualquer coisa, da roupa que nunca usou, mas que se segura pra nao dar, achando que ainda vai usar. Desapega.


Vale também, o desapego por aquela paixão muito mal resolvida, esquece, desapega, você vai precisar do coração livre, para uma nova paixão.


Desapega daquele situação que você já não suporta mais, desapega de tudo.


Desapega do amigo que já não lhe tudo que você almejava, das esperanças de que um dia ele melhora, deixa o tempo agir.

Desapegaaaa !

Devemos abrigar em nós um único desejo: O DE NOS TRANSFORMAR.


"Assim, quando alguém, ou algo tem que sair de nossa vida, não alimentamos a ilusão da perda. Adquirimos visão mais ampla. O sofrimento vem quando nos fixamos a algo ou alguém. O apego embaça o que deveria estar claro; por trás de uma pretensa perda está o ensinamento de que algo melhor para nosso crescimento precisa entrar. E se não abrirmos mão do velho, como pode haver espaço para o novo?"


Sempre há tempo, sempre a novidades, sempre a tudo que precisamos.


A vida nos da aquilo de que preciamos para manter nossa subexistência como ser humano.


Então, pra quê, ficar se remoendo com as coisas que não deram certo?!

Ah ! Desapega já!






Pense nisso...
“O maior ato de desapego é soltar o passado e as preocupações com o futuro e viver no momento presente. Quando fazemos isso, concentramos nossa atenção e energia e não nos desvitalizamos com críticas, comparações e julgamentos. O desapego nos libera da culpa e do desperdício de energia. No momento presente, não precisamos possuir ou perder nada.”

Nenhum comentário: